Diário de bordo - resumão da viagem


Ooi pessoal

Tudo bem com vocês?


É... Um mês sem postar! Mas dessa vez não foi por que eu quis, mas por que como eu tinha falado em alguns post’s anteriores, eu viajaria/viajei para a Bahia. Claro que lá tinha Lan Houses, mas e a preguiça de sair naquele sol escaldante? Não dava!
Mas vou estrear esse mês contando como foi minha doce viagem. Doce e sufocante por causa do calor. E que calor.

Deus, a primeira semana foi um caos. Eu jurava que teria um ataque na casa da minha tia que é forrada com PVC, o que deixa a casa parecendo um forno. Sabe como é se sentir um frango cozinhando? Eu sei! A única maneira de dormir era à base de ventilador e janelas abertas ( alguns metros atrás da casa dela fica a prainha; a praia dos Baianos à beira do rio São Francisco, e de noite as ondas fazem o vento vir com tudo para cima da casa ). Mas fora o calor tinha os lindos pernilongos que deixaram as minhas pernas bem marcadinhas, as minhas e dos meus pais, fora as do meu namorado e meu sobrinho. 
Outra partezinha ruim é que minha avó ficou doente quando chegamos. Ela ficou internada uns 15 dias coitada, mas graças a Deus ela ficou boa e voltou para casa dizendo que nunca mais voltaria para um hospital. E eu fiquei dois dias passando mal por causa das besteiras que eu comi, lasanha, panqueca... Lá na City tinha uma praça linda onde ficavam duas lanchonetes, então já viu né? Ah, mas só estou contando a parte ruim :/

A parte boa? Rever toda a família, minhas avós, tios, primos, padrinhos... Ah, eu aprendi a andar de moto; tudo bem que eu quase bati a moto em um poste, e o meu primo que estava na garupa quase me bateu, e eu quase caí com ela em um monte de areia, mas fora esses pequenos acidentes até que foi legal acelerar numa moto *--* Sentir o vento nos cabelos \õ/ e ter a perna queimada pelo escapamento.
Mas entre aqui, São Paulo, e lá, Paulo Afonso – Bahia, as coisas são bem diferentes, não estou dizendo do clima, ou coisas do tipo, mas das pessoas. Eu percebi isso hoje (quando fui fazer umas comprinhas com meu namorado na Galeria do Rock (isso me fez lembrar de que HOJE FOI A PRIMEIRA VEZ QUE EU FUI LÁ. ACREDITEM OU NÃO)). Lá, em Paulo Afonso, as pessoas são mais alegres, comunicativas, fazem amizade com você de uma maneira tão natural e fácil; e olha que não sou uma das pessoas mais comunicativas (depende do meu humor), mas lá é tudo mais... Feliz. Todos que passam por você de falam: Bom dia, Boa tarde ou Boa noite. Eles sorriam com facilidade... Vivem o lado bom da vida. Tudo para eles significa festa, diversão... É um lugar tão simples, mas tão feliz. Bem diferente aqui onde quase todo mundo é estressado, vive correndo, de mal humor... Enfim. Mas fazer o que se São Paulo é o lugar da correria?!

O Vôo foi ótimo, a viagem maravilhosa, as fotos ficaram divinas e a chegada na minha doce casa com o meu doce e amado frio foi melhor ainda *--* Viajar é bom, mas estar em casa, cá entre nós? É melhor ainda.
Opa, claro, abaixo tem algumas fotinhas de lá *--*












Artesanato


Éh... Eu rashei.

0 comentários:

Postar um comentário

Desde já, obrigada pela visita e pelo comentário.

Volte sempre <3