Morando Sozinho!



Aquela época da escola que, de tanto você assistir reality show você começa a bolar uma forma de conseguir um apartamento e ir morar com os seus amigos mais próximos. Comigo foi assim, mas só houve planos mesmo. Não tínhamos nem idade, nem trabalho e muito menos grana para nos sustentar, então a ideia ficou no papel. Comecei a trabalhar, consegui um job e aquela ideia de ir morar fora da casa dos pais ainda estava na minha cabeça. Terminei a faculdade ainda morando com meus pais e só aos 23 tomei a decisão de ir morar sozinho.
Era final de 2014, exatamente dia 19/12 quando aquele mini caminhão estacionou no portão dos meus pais para levar as minhas poucas coisas. Senti o brilho no olhar da minha mãe que, de longe, dizia: Eu queria tanto que você ficasse aqui, mas se é isso que você deseja, vá em frente! Foi emocionante tudo aquilo. Aquele misto de sensações que você sente no coração e pensa “Nossa! Estou deixando pra trás muitas coisas, mas será o começo de uma nova vida e tudo dará certo”. O meu caso é um pouco mais delicado, porque eu não sabia fazer absolutamente nada além de fritar ovo, fazer pipoca (de micro-ondas) e lavar a louça. Eram as 3 coisas básicas que eu sabia, até me dar conta que eu não teria mamãe para as outras 1000 coisas que eu fui/estou aprendendo. Mas quem tem amigos e google tem tudo né!? Fora meus anjos protetores, o google e os tutoriais do youtube salvam minha vida. Sério!!! Quer fazer uma comida bacana e não sabe por onde começar? Comece ligando o PC ou comece ligando para aquele amigo que entende de tudo um pouco para poder lhe auxiliar e no fim você fez aquele macarrão com salsicha maravilhoso almoço delícia que nunca imaginou que seria capaz. E quando eu descobri a maravilhosa máquina de lavar? Gente, sério! Queria dar um abraço na pessoa que inventou isso, porque, na moral? FOI A MELHOR COISA QUE INVENTARAM NA VIDA. Você separa as roupas sujas por cor e tecido, joga na máquina, coloca a quantidade certa de sabão em pó e amaciante, liga no modo adequado e voilà, pouco tempo depois, a roupa sai da máquina quase seca já. Todo o amor do mundo para quem inventou isso <3. Fora que a panela de fazer arroz que eu ganhei também é ótima.
Bom, passado o sufoco dos três primeiros meses (estou no quarto), você entende que morar sozinho é sempre ter louça para lavar, porque olha...louça nasce na pia do nada. É incrível! Descobre que ou você vai engordar muito ou vai emagrecer muito, possivelmente, na rua, vão perguntar se você toca em alguma banda, porque o efeito sanfona sempre estará presente na sua vida. Você descobre que quem disse que comida na geladeira não estraga, mentiu! Estraga sim e os vizinhos terão que se acostumar com você andando na rua com roupa de dormir, porque precisou ir ao mercado comprar algo pra comer. Descobre que levar alguém pra transar na sua casa ou apenas dormir é muito bom, soltar aquele “vamos lá pra casa” depois de uma balada ou um jantar. Ir pelado do quarto ao banheiro sem se preocupar em esbarrar em alguém... Descobre que ter sua liberdade é muito bom!!!

As coisas não são tão fáceis para quem quer morar sozinho. Vai existir a saudade, vai existir a vontade de conversar com alguém pessoalmente quando não consegui dormir, vai dar medinho quando faltar a luz...mas nada substitui a liberdade e o prazer que é morar sozinho. Nada substitui conhecer o seu pior e o seu melhor. Nada substitui ser você mesmo para você mesmo. Aprender com você mesmo a como se virar, a como ter uma vida adulta e de responsabilidades. Meti as caras, fui mesmo, queria mostrar pra mim mesmo do que eu era capaz. Fui com medo, mas fui e estou feliz assim.

12 comentários:

  1. Estou no meu quinto mês morando sozinha e te entendo 100%. imaginam que é mil maravilhas mas não é. Mas vale a pena pela liberdade.
    Ah, a liberdade de andar nua pela casa HSIUHAUSIHUIASHUIHAUSHSUIASH


    | A Bela, não a Fera |
    | FB Page A Bela, não a Fera|

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amo/sou essa liberdade. Fora tantas outras que temos. :*

      Excluir
  2. Uma vontade que nunca acaba, tornar isso realidade tem que ter muita coragem e ser um pouco louco eu diria, e mostra o quanto podemos ser responsáveis e disciplinados, a parte do macarrão é a melhor haha, máquina de lavar só falta falar né, super gostei das dicas, parabéns pela coragem e pelas matérias que faz, super fã do blog.

    Observação: próxima matéria por favor passa a receita do macarrão kkkkkk
    Abraço Levi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, além disso tudo tem que ter muita disciplina e vontade. Obrigado por smepre visitar o blog e ter essa interação. Hahhaha qlqr dia posto do macarrão. Abraços ;)

      Excluir
  3. Adorei o texto, principalmente o final. É como diz uma frase das minhas favoritas "Vai, e se der medo, vai com medo mesmo". Fui assim, morar sozinha na Espanha com pessoas até então desconhecidas, uns se tornaram amigos, outros nem tanto, e você tem toda razão: A LOUÇA É UM PÉ, e a maquina de lavar é Deus <3 Nunca tentei morar sozinha sozinha e pretendo nunca morar, eu tô adorando a companhia da minha mãe de volta em casa, aqui é muito liberal (e tem muito comida na geladeira <3) mas sei que esse dia chegará. Boa sorte pra você nessa nova fase e todo otimismo e positividade do mundo! Um beijo

    Eu.Nomadiando

    ResponderExcluir
  4. Cheel, sua linda ! Eu tbm amo minha mãe, mas decidi que ela precisava de um tempo de mim rs. Na verdade, eu precisava de um tempo pra mim mesmo. Experiência de morar fora de casa seja só ou com amigos, é surreal e incrível Beijao

    ResponderExcluir
  5. Eu ainda moro com meus pais, mas em breve eu e meu namorado queremos comprar um lugar para morar.
    Acho que sozinha eu nunca conseguiria morar, iria me sentir muito isolada sem ninguém, sou muito carente, gosto de barulho e de gente na casa, acho que porque me acostumei em viver em família grande (tenho dois irmãos).
    Deve ser um passo bem grande com certeza :)

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Monique, eu tbm tinha um certo medinho, pq a casa de mamãe vive cheia e tinha me acostumado com a movimentação. Mas morar sozinho é outra história, é instigante. Vale a pena e sempre to indo visitar mamis tbm rs

      Excluir
  6. Oi! Quando fiz 18 anos a primeira coisa que queria fazer era morar sozinha ou com amigos mas não rolou pelos meus pais e sei lá acho que na hora ia dar pra trás. Mas deve ser sensacional, quem sabe mais pra frente.

    Bjs, rasgadojeans.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É maravilhoso Sam! Torço para qe dê certo pra vc assim como deu pra mim ;) um Beijao

      Excluir
  7. nossa estou com 17 anos e já penso nisso , mas primeiro conseguir a faculdade e um emprego e depois concluir o desejo de ter meu "cantinho" , é necessário muita responsabilidade e garra para dar um passo desses ...

    www.nataliloure.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Natali, era esse o meu pensamento com sua idade. Agora com 23, já tenho um trabalho fixo e uma faculdade, dai consegui tirar a ideia do papel e colocá-lo em prática. É necessário muuuuuuita responsabilidade mesmo. Boa sorte nessas etapas da vida, vc ainda consegue o que desejas (:

      Excluir

Desde já, obrigada pela visita e pelo comentário.

Volte sempre <3