Ligue você depois do primeiro encontro


Você o viu sem saber o porquê, sem saber de onde veio e por qual motivo isso aconteceu. Foi naquele dia que você estava pra baixo em um barzinho, solitária, depressiva e sua autoestima já tinha encontrado com a Samara, no fundo do poço. Você estava “feia”, pensativa e reflexiva: Oh droga! Por que diabos isso só acontece comigo? O que eu tenho de errado?

Ele chegou perto, você sentiu seu cheiro de perfume importado, olhos em seus olhos e ali estava alguém para você “se apaixonar”. Você pensava “Nossa! Quem é esse? Qual o seu nome?”. Ficou a exclamação: “Essa é a pessoa ideal!”. E lhe venho também aquelas perguntas que te assombram sempre: “Você vai passar por isso novamente garota?” “Você não cansa de fazer o papel de trouxa?” “Você já esqueceu o porquê está nesse bar bebendo hoje?”. E você joga o seu olhar para baixo, como se tivesse com vergonha da sua moral, com vergonha de ser quem você é, com vergonha de ser sempre a segunda opção de outros amores...você descarta qualquer possibilidade de ter alguém por no mínimo 1 ano da sua vida. Pega sua bolsa e quando está para sair, dá de cara com ele. Pergunta se pode lhe pagar uma bebida e você sem saber dizer não, aceita! Conversam por horas e você vê alguém que tem as mesmas ideias que você, os mesmos pensamentos e alguns mesmos objetivos. Trocam telefone e se despedem. Você vai esperar ele ligar, afinal, é o homem que tem que fazer isso... No dia seguinte seu telefone toca, o carinha daquela noite de convida para sair. Você continua com aqueles pensamentos de “oh! Vida cruel” e acaba não aceitando, lembrou que prometeu a si mesma que não terá alguém por pelo menos um ano. Ele insiste mais vezes, volta a te ligar, manda mensagem e se mostra interessado. Você alimenta uma possível relação entre vocês, mesmo assim, não aceita seu pedido e depois de algumas tentativas de convites, você ainda resiste. Já se passaram alguns dias que ele não liga mais e nem lhe manda mensagens... Acho que ele desistiu de você!

É linda, você desistiu de você mesma antes que ele pudesse desistir de vocês. Você valorizou o passado e fez desistência de um grande futuro. Você passou a acreditar na ilusão e deixou o amor de lado. Acreditou que o passado condena e desvalorizou o presente. Botou fé que as pessoas são todas iguais e não deu uma chance ao possível grande amor da sua vida. Você perdeu sem ao menos tentar e a única coisa que ganhou foram mais pensamentos de “E SE eu tivesse ido? E SE tivesse dado uma chance?”

Enquanto você continuar pensando no passado, o futuro vai passar na sua frente e te dar tchau com apenas uma mão. Acorda pra vida! A pessoa que te ama estava aí ao seu lado e você fez a japonesa e não abriu esse seu olho. Você não quer dar chances ao amor e vai acabar indo pra rehab de tanto beber e chorar por quem não te valorizou. Você esquece que tem uma vida toda pela frente e que quando é amor a pessoa fica, a pessoa te quer bem, a pessoa lembra de você, inclui você e te ama por quem você é.

Nem todos são iguais. E porque você tem que fazer parte da estatística de quem acha que mulher não pode ligar depois do primeiro encontro? De que se a mulher estiver apenas afim de transar no primeiro encontro, ela não pode o fazer? Porque não pode se apaixonar no primeiro encontro, no primeiro olhar, no primeiro beijo? Sai fora dessa! Vai viver e ser livre. Vai se apaixonar, se apaixonar e se apaixonar de novo. Se não der certo, se apaixone novamente e novamente. Um dia você encontra o grande amor da sua vida. Mas cuidado! Ele pode estar lhe convidando pra sair, mas você continua pensando no ex.

Fica a dica.

12 comentários:

  1. Bato palmas pelo seu post. .. ele simboliza tudo aquilo que anda preso dentro das pessoas... o medo de amar... por um erro passado forma. Se uma incrível parede e aí a razão se torna mais forte que o amor.. o medo de sofrer mais que encontrar alguém .... mais ainda sou desses que creio que o amor ainda vai superar todo esse medo.. e que vai valer a pena acreditar no amor e não no orgulho... Parabéns pelo post... adorotodos eles

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza ! O amor vence guerras, só acredite !

      Excluir
  2. Passado... o próprio nome diz. Virou parte da história, mas nas páginas já viradas!
    Pra falar a verdade, sou uma dessas que não ligam no dia seguinte! rs Não por nada, é que estou em uma fase em que não quero me apegar... Mas é verdade, numa dessas, o futuro pode estar dando um tchauzinho pela janela! É um risco! rs
    Bjooos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cuidado Tati, quando vc descobrir o grande amor da sua vida, ele estará curtindo lua de mel hahahahha

      Excluir
  3. Eu sou do tipo que se envolve demais numa história... E eu me vi torcendo pela garota do texto e odiando-a... Isso em apenas algumas linhas, imagina o que tu não faria comigo com um livro? Haha
    Amei o texto, você passou perfeitamente suas ideias em poucas palavras, de forma que creio que muita gente não conseguiria!

    http://eujovemdemais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana que lindo ler isso! Fico muito feliz que consegui passar a real pra vc e pra quem o leu. Muito obrigado querida

      Excluir
  4. Respostas
    1. Obrigado Denise. Volte sempre

      Excluir

Desde já, obrigada pela visita e pelo comentário.

Volte sempre <3