Argentina: Visitando nossos vizinhos



Decidi que queria fazer uma viagem com minha mãe e a primeira cidade que me veio à cabeça foi Buenos Aires – ARG. Alguns amigos já tinham ido e me fizeram ótimas indicações. Minha mãe, claro, ficou super feliz, e esse era o meu maior objetivo.

Fizemos um pacote em conta de passagem+hotel e outro pacote de transfer do aeroporto/hotel/aeroporto e um jantar em um dos restaurantes mais renomados da Argentina, o Piazzolla Tango (que incluía jantar completo e show de tango). Havia a opção de pacote para 3h dentro de um ônibus passando por pontos turísticos da cidade, mas esse dispensamos, afinal, queria conhecer a cidade andando e sem pressa (acho mais válido).

Chegamos pelo aeroporto de Ezeiza (30 minutos do centro – onde ficava nosso hotel). Hotel Imperial Park entre a Rua Lima e a Avenida 9 de Julio, perto de tudo e mais um pouco. Logo na primeira noite fomos ao famoso jantar no Piazzolla, o carro da agência contratada nos buscou e nos trouxe de volta a porta do hotel, o que super valeu a pena, porque já era mais de meia noite.

Igreja linda no caminho do aero ao hotel

Piazzola Tango é um edifício construído em 1915, pelo arquiteto italiano Francesco Gianotti, localizado na Galería Güeme, sendo um luxuoso café y teatro no estilo Art-Nuveau. O jantar estava ótimo e o show de tango (que dura em torno de 2h após o jantar) mais ainda. Sem contar que do nosso lado acabou que sentando mãe e filha pernambucanas haha bebemos e rimos horrores a noite toda rsrs

Nos preparando para o jantar...

O teatro, maravilhoso REAL!

No outro dia, já havia avisado minha madre, íamos andar e andar. A felicidade dela era tanta que nem o friozinho que fazia a desanimou e estava disposta a andar e conhecer a cidade toda a pé haha. Após quatro quadras do hotel, estávamos na famosa Casa Rosada. Até lá, passamos por muitos prédios maravilhosos no estilo clássico com arquitetura anos 60,70, que com a paisagem de arvores com galhos secos e ruas limpas, davam um ar europeu. Fiquei encantado.
 
Casa Rosada que é a sede da presidência da República Argentina

Fazendo o Charles Chaplin em frente a Casa

Prédios antigos e árvores secas = Amor

De longe avistei um Mc hahahha

A Catedral Metropolitana de Buenos Aires, onde o atual papa celebrou missas por mais
de 20 anos

Uma das praças lindas da cidade

De lá, partimos para Puerto Madero, o lado mais moderno. Onde fica La Puente de La
Mujer. Aqui nós só passamos pra conhecer mesmo, porque é tudo bem caro e ainda bem
que o café da manhã no hotel foi reforçado rsrs

Mamasita divando com a Puente de la mujer lá atrás haha

Fomos à San Telmo (o bairro com mais personalidade de Buenos Aires), onde tem feirinhas com coisas mais artesanais. Depois fomos para Caminito e pelo caminho nos deparamos com o estádio do Boca Juniors, conhecido como La Bombonera. Acredito que o bairro todo aqui era torcedor desse time, porque as casas e prédios eram tudos com as cores amarelo/azul. Não pode ser só coincidência galera!

O famoso La Bombonera

Minutos depois estávamos em Caminito, onde se vê casinhas super bonitas e todas coloridas e logo na chegada ao bairro, havia arcos, como se dissessem “bem-vindos”.
Aqui há bastante lojinhas de lembrancinhas bacanas para levar aos amigos. E também restaurantes  onde podemos assistir apresentações de tango. Essa cidade respira tango gente!! haha

Arcos de Caminito

As casinhas todas coloridas <3

Encontramos o Papa ~~

Vamos bailar um tango hahaha (não se animem, ela cobra depois da foto beijos)

Na volta, almoçamos em San Telmo, num restaurante chamado Manolo que serve um ravióli de salmão maravilhoso, vale a pena. Lá eles servem mais massa e vinho (e vinho na Argentina é super seco, quem não gosta, pesa outro tipo de bebida).

Depois de andar mais um pouco, fazer umas comprinhas (e pechinchar, porque né!), voltamos ao hotel. Sai a noite para comprar algo para comermos e trocar dólar/real por peso (foi bem tranquilo).
No outro dia, fomos conhecer a Galerías Pacífico. Entramos no metro só pra curiar também e encontramos uma pintura nas paredes linda lá dentro. Passamos também pelo Obelisco. Chegamos na Galerías, por lá achei tudo muito caro, só algumas lojas valiam a pena. Achei uma loja no estilo street/surfwear onde tinha blusas maravilhosas e comprei pra mim, porque sou filho de Deus hahaha

Os desenhos do metrô

Por dentro das Galerías Pacífico

O obelisco ali atrás

Hora de dar adeus, fomos embora do país pelo Aeroparque e meu resumo de Buenos Aires é: uma cidade romântica, fria (principalmente em Agosto, o que eu amo), fashion, dramática e simpática. E cara também, porque entramos no Carrefour e vimos uma caixa de bombons Garoto por R$ 22,00 (fiquei ali parado e pensando na vida). Bastante gente bonita e simpática e sempre abertas a te ajudar (como a camareira do hotel que nos ofereceu carona para conhecer novos lugares haha).



Adeus Buenos, volto em breve

7 comentários:

  1. amazing entry
    and lovely Pictures :)

    with love your AMELY ROSE

    ResponderExcluir
  2. Arrasou nas fotos! Fui em Buenos há 4 anos e morro de vontade de voltar! A cidade é muito linda, ainda mais no frio, hahahaha. Pena que algumas coisas são realmente um pouco caras, mas meu dinheiro foi muito bem gasto nos passeios e na comidaaaa (alfajor e croissant amores da minha vida) <333 hahahahaha

    Com amor,
    Steph • http://naoeberlim.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. QUE TEATRO MAIS MARAVILHOSO *OOOOO*
    Eu amei as fotos!! tenho muita vontade de conhecer a Argentina ♥♥♥
    Beijão <3

    www.marinaalessandra.com

    ResponderExcluir
  4. Que delicia de viagem!! Deu vontade de viajar=x
    rsrs
    Beijinhos
    www.usadoeaprovado.com.br

    ResponderExcluir
  5. Que post maravilhoso cara, a Argentina de uma visão diferente e única, fotos incríveis e passou uma imagem muito divertida, romântica e bacaba de lá, já quero ir hahahaha. E que bacana ter levado sua mãe, e cuidado com a dançarina kkkkk ela cobra a foto kkkkkkkkk Abraço

    ResponderExcluir

Desde já, obrigada pela visita e pelo comentário.

Volte sempre <3